14 jul 2015

Gmail livre de spam

google

Google irá usar inteligência artificial para manter Gmail livre de spam

As notícias sobre inteligência artificial tendem a girar ao redor de dois assuntos principais. No primeiro deles, temos mentes brilhantes contando como estão ficando assustadas com o futuro da IA. No segundo, mais prático, conhecemos como a inteligência das máquinas já é usada para melhorar a vida das pessoas, como o anúncio feito pelo Google de que irá usar tecnologia de aprendizado das máquinas para manter o Gmail livre de spams.

O gerente de produtos da empresa, Sri Marsha Somanchi, explica em um post que o filtro de spam do Gmail agora usa “uma rede neural artificial para detectar e bloquear spam especialmente traiçoeiros — aquele que pode se passar por um e-mail normal”.

O Google também está usando sua tecnologia de machine learning para que ela se adapte às escolhas individuais de cada usuário para sua inbox, criando filtros personalizados de spam. “Enquanto seu vizinho pode adorar newsletters semanais, você pode odiá-las”, diz Somanchi. “Com os avanços em machine learning, o filtro de spam agora pode refletir essas preferências individuais.”

Pode ser difícil para o Google explicar exatamente como essas redes neurais filtram as mensagens indesejadas, mas os resultados são claros. A empresa afirma que menos de 0,1% do e-mail que chega na caixa de entrada das pessoas no Gmail é spam, e que a quantidade de e-mail identificado erroneamente como spam é menor do que 0,05%.

O Facebook é outra empresa que usa inteligência artificial para filtrar conteúdo em suas páginas. Desde 2013, a empresa usa IA para melhorar o Feed de Notícias. Engenheiros do Twitter também estudam, segundo a Wired, como usar a inteligência artificial para filtrar mensagens indesejadas na rede social.

Fonte: Google

Share
This

Escreva um comentário